Jornadas Técnicas Dedicadas ao Corço

No passado dia 18 de Março, teve lugar, na Casa da Cultura Mestre José Rodrigues em Alfândega da Fé, as segundas Jornadas Técnicas dedicadas à conservação da natureza aliada à gestão cinegética, organizadas pela Palombar no âmbito do Grupo Nordeste. A ocasião reuniu cerca de 45 pessoas.

Desta vez, a sessão foi dedicada à “Conservação e gestão cinegética do corço (Capreolus capreolus): perspectivas, oportunidades e desafios”, uma matéria que pede uma abordagem abrangente e exaustiva dada a recente expansão deste ungulado no Nordeste Transmontano, bem como a falta de informação no que diz respeito à sua gestão e protecção.

Com um painel de oradores de excelência, que contou com alguns dos maiores especialistas e investigadores da área, permitiu-se o contacto directo e um diálogo construtivo entre os diferentes agentes do território: a administração pública representada pela autarquia local (Munícipio de Alfândega da Fé) e pela autoridade nacional para a conservação da natureza (ICNF), a comunidade ciêntifica (Universidade de Aveiro, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e Instituto Politécnico de Bragança), associações de conservação da natureza, defesa do ambiente e desenvolvimento sustentável, entidades gestoras de zonas de caça e a comunidade local.

Ao longo da manhã, foram expostas várias palestras sobre a ecologia e a biologia da espécie, a importância da monitorização das populações de corço, a gestão de prejuízos, das populações e do ecossistema do corço, e ainda os desafios relacionados com o consumo e a comercialização de carne de caça. Finalizou-se com uma mesa redonda e debate participativo, comunicativo e dinâmico.

Pela tarde, realizou-se uma visita ao terreno, que possibilitou o contacto directo dos participantes com algumas das técnicas mais actuais de monitorização de ungulados silvestres, e que permitem estimar as densidades das populações, aspecto essencial e básico para uma boa gestão da espécie.

Como conclusões essenciais destas Jornadas, ficam a importância da monitorização das populações de corço como ferramenta base para a sua gestão e a importância da criação de redes de contactos e de trabalho colaborativo entre as diferentes partes envolvidas.

O sucesso, e participação desta 1ª edição das "Jornadas Técnicas: A conservação da natureza aliada à gestão cinegética", abrem as portas para o trabalho conjunto, colaborativo, participativo e fundamentado dos diferentes agentes envolvidos para uma melhor gestão dos recursos naturais e motiva-nos para continuar a trabalhar neste sentido e promover o desenvolvimento sustentável do Nordeste Trasmontano.

Descarregue o livro de resumos aqui