A Comunidade Escolar Junto à Terra

Entre os dias 28 de Março e 5 de Abril a Palombar uniu-se ao Projecto Junto à Terra (JaT) que envolveu a comunidade escolar de 4 municípios do Baixo Sabor: Alfândega da Fé, Macedo de Cavaleiros, Mogadouro e Torre de Moncorvo.

Esta iniciativa, enquadrada no programa escolar anual, promoveu o contacto de 267 alunos do 9º ano de escolaridade e de 32 professores com os valores da sustentabilidade e da conservação da natureza. O JaT surge assim como um programa de sensibilização e divulgação do património natural do Baixo Sabor, onde a biodiversidade é comunicada pela sua importância no bem-estar humano e como factor de desenvolvimento sustentável do território. Este projecto tem três componentes que se desenvolvem ao longo do calendário escolar: a primeira, realizada em sala de aula e através do recurso a conteúdos on-line e ferramentas de e-learning; a segunda, dinamizada pelo Grupo Nordeste, conta com cinco parceiros operacionais que de uma forma prática e pedagógica, convidam os alunos a passar um dia no campo, em plena Rede Natura/ SIC Rios Sabor e Maçãs.

As entidades que assumiram o compromisso de o dinamizar são associações locais que desenvolvem o seu trabalho para a salvaguarda deste património, entre as quais: Associação para o Estudo e Proteção do Gado Asinino, Associação dos Produtores Florestais do Nordeste Transmontano, GeoPark Terras de Cavaleiros, Grupo Lobo e Palombar.


As suas distintas valências permitem uma abordagem holística, englobando múltiplas concepções da biodiversidade e conservação da natureza. Desta forma, os alunos tiveram a oportunidade de participar em 5 oficinas promovidas por cada associação, com mensagens distintas e igualmente importantes: Pastorícia e Biodiversidade, Biodiversidade Florestal, Os Minerais e a Biodiversidade, À Descoberta do Lobo, Biodiversidade Agrícola e Selvagem.

Em dias pautados pela sustentabilidade ambiental, a comida consumida foi produzida localmente e nenhum tipo de material descartável foi utilizado. Cada aluno recebeu um kit composto por um saco de pano, uma t-shirt, uma caneca e um passaporte. Este último comunica de forma escrita as mensagens transmitidas durante as oficinas.



A terceira componente do projecto desafia os alunos a participar num concurso, sob o tema “A biodiversidade e o desenvolvimento rural”, convidando-os a realizar um vídeo cujo objectivo será a divulgação e a valorização da relação interdependente entre a biodiversidade e as actividades humanas locais/regionais. Esta componente culminará numa cerimónia de entrega de prémios.

O JaT é um projecto que complementa as matérias curriculares obrigatórias e que irá certamente contribuir para que os jovens dos concelhos do Baixo Sabor valorizem o seu território numa óptica empreendedora e contemporânea, em que a biodiversidade é entendida como um factor-chave para o seu desenvolvimento profissional e pessoal.

O JaT e os seus promotores e parceiros agradecem aos Municípios do Baixo Sabor todo o envolvimento e apoio prestados e congratulam ainda os agrupamentos das escolas participantes por aderirem a um projeto ambicioso e que os une num objetivo comum de desenvolvimento regional sustentável e em coexistência com o meio natural.