I Fórum Público sobre as BioRegiões debate ideias para dinamizar um modelo inovador de desenvolvimento rural sustentável

A AEPGA – Associação para o Estudo e Protecção do Gado Asinino, a Palombar - Associação de Conservação da Natureza e do Património Rural e a INNER - International Network of Eco Regions organizam o I Fórum Público sobre as BioRegiões, no dia 29 de junho, entre as 14h00 e as 17h00, no PINTA - Parque Ibérico de Natureza e Aventura de Vimioso, em Vimioso, no distrito de Bragança. A entrada é livre, mas sujeita e inscrição prévia. Este evento conta com o apoio do Município de Vimioso e a parceria da Comunidade Intermunicipal das Terras de Trás-os-Montes.

bioregiões_jpg.jpg

Esta iniciativa visa abraçar uma oportunidade de desenvolvimento sustentável na região de alto valor natural e paisagístico de Trás-os-Montes, promovendo um fórum público sobre as BioRegiões, dando assim início a um processo de sensibilização e envolvimento da comunidade local para esta dinâmica. Mais informações, bem como o formulário de inscrição podem ser consultados em www.aepga.pt.

Este Fórum antecede o Fórum Internacional “Territórios Relevantes para Sistemas Alimentares Sustentáveis”, que se realiza em Idanha-a-Nova, Portugal, entre os dias 17 a 21 de julho de 2019.

Contextualização

Em 2014, foi criada a INNER - International Network of Eco Regions (Rede Internacional das BioRegiões), com o objetivo de dinamizar um modelo inovador de desenvolvimento sustentável rural, através da implementação de uma rede de produção agrícola biológica, processamento e distribuição dos produtos resultantes pela comunidade onde se insere, fornecendo cantinas públicas, restaurantes e população em geral. Através desta forma de gestão de recursos, todos beneficiam de uma melhoria da qualidade de vida, biodiversidade e preservação do ambiente.

Portugal inclui-se nos países envolvidos no desenvolvimento das BioRegiões onde foram realizados fóruns e encontros internacionais em diversas regiões.

O facto de se enquadrar nos objetivos da agenda 21 local é um fator relevante para a realização de uma primeira análise das potencialidades e dos problemas do território na implementação deste modelo e como proposta a debater neste processo.