Sessão de esclarecimento informa população de Ifanes e Paradela sobre funcionamento de campo de alimentação para aves necrófagas

O Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), em parceria com a Palombar - Associação de Conservação da Natureza e do Património Rural e a Junta da União de Freguesias de Ifanes e Paradela, organizou, no dia 30 de junho, uma sessão de esclarecimento para explicar à população de Ifanes e Paradela, no concelho de Miranda do Douro, o modo de funcionamento do campo de alimentação para aves necrófagas (CAAN) instalado na zona, bem como a importância destas espécies.

Sessão de esclarecimento sobre o CAAN de Ifanes.

Sessão de esclarecimento sobre o CAAN de Ifanes.

A sessão de esclarecimento, realizada no salão da Junta de Freguesia de Ifanes e Paradela, contou com a participação de cerca de 30 pessoas da comunidade, entre as quais representantes de associações de caça/setor cinegético, agricultores e produtores de gado. Estiveram também presentes o presidente da Câmara Municipal de Miranda do Douro, o presidente da Junta da União de Freguesias de Ifanes e Paradela, o veterinário municipal de Miranda do Douro e técnicos e vigilantes da Natureza do Parque Natural do Douro Internacional (PNDI).

Sessão de esclarecimento sobre o CAAN de Ifanes.

Sessão de esclarecimento sobre o CAAN de Ifanes.

Durante este encontro, os presentes puderam informar-se sobre como funciona o CAAN instalado em 2018 em Ifanes e gerido pela Palombar no âmbito do projeto LIFE Rupis de conservação do britango (Neophron percnopterus) e da águia-perdigueira (Aquila fasciata) no Vale do Rio Douro.

Foram também apresentadas aos presentes as linhas orientadoras da Estratégia Nacional para a Conservação das Aves Necrófagas.

A população também terá a oportunidade de visitar o CAAN de Ifanes para conhecer de perto esta instalação e a sua forma de funcionamento.

As aves necrófagas, principalmente os abutres, são fundamentais para promover o equilíbrio dos ecossistemas, ao assegurar a limpeza dos habitats, ao mesmo tempo que evitam a propagação de doenças entre espécies, através, por exemplo, do consumo de animais mortos devido a doenças contagiosas. Estas aves especiais têm um organismo adaptado, que permite que sejam imunes a muitos agentes causadores de doenças, como bactérias e vírus.